FACEBOOK

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Mais um dia


Todos os dias ao abrir os olhos muitas vezes pensamos na mesmice que vamos ter que encarar durante o dia, fazer tudo igual a ontem e isso muitas vezes nos coloca no automático e assim vamos levando a vida sem maiores novidades. 

Mas basta de abrir os olhos e pensarmos que será somente mais um dia como outro qualquer, não devemos jogar fora a oportunidade de crescer, adquirir conhecimentos e principalmente passar adiante tudo de bom que aprendermos, todos nós indistintamente somos capazes de modificar nossa visão do dia que se coloca diante de nós, para isso basta que sejamos mais otimista e menos pessimistas. 

E assim quando abrir os olhos pela manhã encare como um novo recomeço com oportunidades infinitas de aprendizado e crescimento, deixemos de lado o arrastar de pés ao levantar-se e caminhemos firmes para o dia que nos espera cheio de novidades e novas conquistas, não importa se não haverá nada de mais grandioso em nosso dia, o que importa é que nós estaremos grandiosos para receber o dia, isso fará toda diferença para nos sentirmos vivos e mais confiantes. Sorria a vida está dando mais uma oportunidade para todos nós hoje!

Gotas De Paz

domingo, 14 de dezembro de 2014

Pense positivo e realize seus desejos


Se você quer ter uma vida feliz e realizada, o primeiro passo é deixar de lado medos e pensamentos negativos. No lugar disso, cubra sua mente somente com imagens maravilhosas de paz e amor. 
Lembre-se: tudo aquilo que você atrai é fruto do conteúdo de seus pensamentos.

Pode observar. 
Quando você está se sentindo bem, atrai coisas positivas: felicidade, alegria, otimismo, paixão, sorrisos. Do contrário, se está se sentindo mal, atrai somente coisas negativas: tristeza, solidão, culpa, raiva, vergonha.

Quer saber o que você está atraindo agora? 
Pergunte-se: “como me sinto?”. 
Por certo, encontrará a resposta de tudo o que acontece com você. Se a todo o tempo está com raiva da vida ou mal-humorada, é obvio que só receberá o que não deseja. Ser feliz é o atalho para chegar mais rápido aonde você quer.

Comece fazendo uma limpeza geral na alma. Preencha só com pensamentos altruístas, felizes, aqueles que fazem você se sentir bem. 
E não se preocupe se está fazendo certo ou errado. Seu compromisso agora é simplesmente fazer o SEU MELHOR. E cada um tem o seu. 
Nada é comum a todos, tudo depende de cada experiência. Se, em uma situação você agiu de tal modo, deu certo e você se sentiu bem, então esse é o seu melhor. Mas não confunda, hein? 
Não estou dizendo pra você ser a certinha, a boazinha. E sim que deve agir de acordo com seu instinto.

Integridade é estar no seu melhor. 
E, quando você vai para o melhor, tudo começa a dar certo. Como chegar lá? 
Invista na autoconfiança, dê importância a você. Somente a dedicação e a consideração profunda por si mesma é que a levarão para o melhor. Confie que a sua estrada é diferente da dos outros. Aliás, nunca tenha medo de se sentir diferente de ninguém. 
Veja bem: você está aqui para fazer a diferença! 
É por isso que a vida é linda pelas diferenças, a coragem de assumir o próprio eu. Se o mundo aceita ou não, isso não importa. 
O principal é você se aceitar. Dessa forma, você estará protegida e no caminho da evolução!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

A vida e seus dramas, comédias e romances.


O dia pode amanhecer com sol. 
Ou nublado e chuvoso de dar pena.
Seu carro pode estar te esperando na garagem, ou você tem que acordar mais cedo para encarar o ônibus cheio nas primeiras horas do dia.
A sorte de ser contemplada em um sorteio pode bater à sua porta, ou você pode receber em casa a multa por ter passado o farol vermelho na semana passada.

De verdade, precisamos começar a entender que a vida é um roteiro de cenas das mais diversas emoções, com inúmeros clímax, suspense, drama, comédia, romance e terror.
Temos que aceitar que são essas as regras da vida e que cabe a nós decidir entrar no jogo com alegria ou com a eterna postura de vítima sofrida. O mundo não terá dó porque você, com seus 50 e poucos anos não construiu a família que um dia você sonhou, ou porque você não está no emprego dos seus sonhos ou na casa com varanda e cinco quartos. 

Não importa a situação, essa tal de vida não sabe o que é ‘ter pena de alguém’ porque parte do pressuposto de que tudo é uma questão de escolhas e, quando digo escolhas, tente ampliar a sua consciência e assimilar um universo que ultrapassa as escolhas materiais, ou seja, você pode não ser rica, loira e casada com um gringo famoso que te ame, mas você pode escolher ser feliz da primeira até a última hora do dia, um após o outro.

A partir de hoje mude o olhar, busque a felicidade.
O emprego pode não ser perfeito mas com certeza, graças a ele, você deve ter conhecido muitas pessoas legais e conseguiu comprar algumas coisas que pudessem te trazer prazer; as contas podem parecer infindáveis, mas você pode escolher se lamentar por não conseguir pagá-las ou buscar uma forma de se reinventar e conseguir mais dinheiro quem sabe você não descobre um talento que estava escondido; você pode lamentar que a sua família não é digna de uma propaganda de margarina ou mudar a vibração reconhecendo que a sua mãe ou pai, que parecem não ser perfeitos, podem ter demonstrado algum traço de apoio à você de acordo com aquilo que eles podiam dar na época.

Sei que as coisas muitas vezes são mais complicadas e profundas, mas a bandeira que levanto aqui é que ninguém vai buscar a sua própria felicidade, caso você não o faça! 

Se a sua família é amorosa e seu parceiro te ama, deposite sua energia nesse aspecto da vida ao invés de gastá-la falando mal de um trabalho ou reclamando de alguma falta de sorte.
Lembrem-se, a vida é um vai e vem de cenas que não aceita um único gênero. Viva com leveza e compreendendo que do dia pra noite, da mesma forma que o romance pode conter cenas de suspense, o drama pode se descortinar em um belíssimo final feliz.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Procurando a Felicidade


Não existe uma vida feliz, apenas momentos felizes... Aproveite cada olhar, abraço ou beijo; são momentos únicos, que ficam na eternidade... 
Viver o momento presente traz a plenitude da vida. Ter a consciência de que o passado não retorna mais e o futuro depende, apenas, do que decidirmos hoje, neste exato momento.

A chave da felicidade está dentro de nós: 
o livre arbítrio. Decisões que vêm num turbilhão e modificam toda uma existência... 
Não procrastine, não tenha medo de viver! 
Não há certezas, apenas tentativas. Tudo depende do que você decide neste exato instante. Cada dia tem o seu segredo: delicioso, mágico. A realidade é escolha sua, faça bom proveito!

Mudar os outros? 
Só se a outra pessoa quiser! 
Caso contrário, desista. É energia perdida. 
O segredo está na aceitação, aparando arestas... Agora, se o lado sombra do outro começar a incomodar e os defeitos saltarem aos seus olhos sem parar, bem... Está na hora de dar um tempo!

Medo de mudanças? 
É um atraso de vida. São transformações para o nosso crescimento pessoal, experiências para melhorarmos como indivíduos. Medo de dirigir, medo de separar, medo de ter filhos, medo de arrumar um novo emprego, medo de viajar, medo de se apaixonar, medo de sentir emoções, medo de gostar, medo de não dar certo, medo de aceitar desafios, medo de viver!

Vale a pena? 
Deixar de aproveitar as oportunidades da vida, por puro medo! 
Pode acontecer de tentar e não dar certo? Sim, pois o futuro a Deus pertence. 
Mas, se realmente você quer, deseja com a sua alma, arrisque! 
Não sinta culpas, pense em sua felicidade. 
Não importa a duração e sim, a intensidade dos sentimentos. Prefira mil dias em um a um dia em mil. Programe-se para dar a virada na sua vida!

Permita que a sua alma fale mais alto. 
O coração tem razões que a própria razão desconhece. Não se pede para se apaixonar por João ou Pedro, simplesmente acontece... 
E sem motivos lógicos. Num piscar de olhos, num sorriso, numa brincadeira inocente, na fila do supermercado, na Internet... 
É para sempre? 
Não dá para saber... 
É uma experiência. As pessoas estão em constante mutação. Como dizia o poeta: 
"Que o amor seja eterno enquanto dure". Sem cobranças...

A realização profissional acontece se trabalhamos com paixão, numa atividade que nos completa. Trabalhar com energia, envolvimento, naquilo que gostamos, traz bem-estar, alegria de viver e equilíbrio. Como tudo que é feito com o coração aberto...

Onde colocarmos a energia chamada amor dá flores, frutifica e retorna em dobro. E o amor, meu amigo, é incondicional...

Tenha vida própria, atualize-se, torne-se interessante. Vá ao cinema, faça exercícios, estude, trabalhe como voluntário(a)! 
Vá à luta! 
Não use a desculpa da idade, dos filhos, do marido, da mãe. Você é o único responsável pela sua vida. Realize os seus sonhos, viva intensamente, sem medo de ser feliz.

Bruno Manfredini

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Gratidão X Reclamação‏


O texto abaixo, escrito por Vera Ghimel, nos oferece uma reflexão sobre gratidão e reclamação.

Ele alerta para sempre revisarmos nossas atitudes e escolhas, vendo o que queremos mudar em nós para, assim, crescermos e nos desenvolvermos.
“Quantas vezes nos pegamos reclamando de tudo o que aconteceu conosco até o momento?
Quantas vezes nos sentimos injustiçados pelo o que a vida nos fez e também pelo que não nos fez ou deu?

Não que não estejamos cobertos de razão de indignarmos e nos sentirmos preteridos pela vida ou pelas pessoas, mas é que o mecanismo de funcionamento dela é outro.

Quanto mais reclamamos, mais focalizamos e emprestamos a nossa atenção para as coisas ruins. Com o nosso foco naquilo que reclamamos, criamos vida e fortalecemos o que não queremos.

O resultado disso é a continuação do que não gostamos.
… Aprendi que tudo o que queremos que mude temos que focalizar e curar, não perpetuar a sua existência em nós.

É como se tirássemos uma roupa que não mais usássemos do nosso armário, olhássemos, colocássemos defeito e depois devolvêssemos ao armário. Não adiantou nada!

Ao focalizarmos um relacionamento, uma situação, um padrão de comportamento ou uma doença que não mais queremos, imediatamente estamos assumindo a nossa responsabilidade sobre a existência dos mesmos.

Isso basta para que possamos liberar essas coisas em nossa vida. É como passar em revista tudo aquilo que não mais queremos que fique nos acompanhando e possamos abrir espaço para novas oportunidades, relacionamentos, situações e bem-estar.

Somos como um armário que precisamos, de vez em quando, abrir gavetas, mexer em lembranças, olhar atentamente o que queremos que volte ao armário e o que não. Reclamar é se eximir da co-participação do que não gostamos. 
É tentar culpar pessoas, situações e ao próprio DEUS de sua má sorte! Não existe má sorte! Existe má escolha.

O que escolhemos resulta em algo que pode ser adequado ou não a nós. E é nessa hora que temos que parar de reclamar e agradecer os mecanismos que a vida possui para nos sinalizar que estamos indo na direção do abismo. Agradecer é focalizar as mudanças e dar vida a elas, mesmo as que ainda estão por nos encontrar.

Para que possamos ter novas portas se abrindo e novas perspectivas surgindo em nossas vidas, precisamos antes fazer uma faxina nos hábitos e escolhas que não nos trouxeram bons resultados.
É admitir que isso nos pertence mesmo que não seja lá muito confortável de se encarar.
Libertar-se é antes de tudo admitir!

Então pare de reclamar e comece a agradecer as escolhas que deram bons resultados e as que você quer que lhe aconteçam ainda!”
Bons Ventos lhe soprem o que seu coração precisa para ser feliz!


Márcia de Lucena Saraceni

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

O que é a vida afinal?


Alguma vez já se depararam com essa pergunta? 
Já se depararam perdidos, parados em um ponto estratégico sem saber se deve ir a um lugar qualquer ou se deve ficar parado? 
Muitas vezes essa resposta pode ser encontrada
em nós mesmos, mas as nossas atitudes não nos deixam enxergar. As coisas que acontecem na nossa vida são reflexos de nossas ações rotineiras, que geralmente não achamos que irá ter tanta repercussão e quando menos esperamos ela vem e nos dá uma rasteira como que se dissesse para prestarmos mais atenção as nossas atitudes para com os outros e com nós mesmos. 

A vida nos deixa de mãos atadas sem saber em que direção devemos ir, mas isso só nos mostra o grau de desorganização em que estamos vivendo e a maneira com que temos levado a vida. A vida foi feita para ser vivida, a vida exige movimento e jogo de cintura, ela só sobrevive com altos e baixos, pois infelizmente o ser humano muitas vezes necessita de um impulso para seguir em frente e saber no que tem que melhorar. 

A vida nos move, muitas vezes pensamos em desistir, pois julgamos estar cansados de tentar ou até mesmo de viver. E ai mais uma vez a vida vem nos mostrar que é preciso levantar e melhorar algo em nós para que possamos viver bem e conquistarmos nossos objetivos. A vida foi dada para cada ser para que ele possa mostrar o porque ele está aqui e para ele fazer a diferença, seja em sua própria vida ou na do outro. Por isso VIVA! 

Viva a cada momento como se fosse o último, diga as pessoas o quanto elas são importantes pra você, faça a diferença em cada dia da sua vida, pois só podemos fazer isso agora, amanhã já não se sabe se será possível, pelo menos não nessa mesma vida.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Tristeza não!


Quando tudo se torna difícil para nós, durante a nossa jornada na Terra, um sentimento de tristeza e impotência se apodera de nós. Depois da tristeza vem o desânimo, a falta de esperança e de fé, e no final a depressão.

Ainda que as dificuldades e adversidades apareçam em sua vida, não permita que a tristeza tome conta de você. Procure compreender que ainda somos seres imperfeitos e que necessitamos passar por dificuldades, em razão dos nossos erros, vícios e defeitos.

Todos nós estamos em processo de aprendizado, por isso erramos, somos falíveis. O mais importante é a lição que tirarmos de tudo o que ocorre conosco e com aqueles que nos rodeiam. A tristeza é um sentimento pesado que pode trazer sérios problemas emocionais e físicos para quem a sente.

A alegria é o antídoto contra o mal da tristeza.
Busque a companhia de pessoas alegres e otimistas. Aprenda a cultivar a alegria em todos os momentos. Tenha em mente que o mal é passageiro. Só o bem é eterno porque Deus só criou o bem.

Alegria sempre e tudo de mal passará de uma forma mais serena e tranquila. Chegará o dia em que só haverá o bem, a paz e a alegria. Confiemos!

Gotas De Paz