FACEBOOK

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

A bagagem


Existe um personagem de desenhos animados infantis que tem um certo toque de mistério e magia. Seu nome é Gato Félix. 
A todo lugar que vá, ele leva a sua maleta. É uma maleta especial, pequena. E tudo o que ele deseja, tira da dita maleta. Se for hora do lanche, ele encontra frutas, sanduíches e sucos. Se necessitar fazer um conserto, as ferramentas lá estão. Sempre as certas e precisas. 

Se chover de repente, basta abrir a maleta para encontrar capa, guarda-chuva, botas. E assim em qualquer situação.

Cada um de nós também possui uma pequena mala de mão, em nossa vida, mais ou menos parecida com a do personagem infantil.
Quando a vida começa, temos em mãos a pequena mala. À medida que os anos passam, a bagagem, dentro dela, vai aumentando.

É que vamos colocando tudo o que recolhemos pelo caminho. Algumas coisas muito importantes. Outras, nem tanto. Muitas, dispensáveis.

Chega um momento em que a bagagem começa a ficar insuportável de ser carregada. Pesa demais. Nesse momento, o melhor mesmo é aliviar o peso, esvaziar a mala. Você examina o conteúdo e vai pondo para fora. Amor, amizade. Curioso, não pesam nada.

Depois você tira a raiva. Como ela pesa! 
Na seqüência, você tira a incompreensão, o medo, o pessimismo. Nesse momento, você encontra o desânimo. Ele é tão grande que, ao tentar tirá-lo, ele é que quase o puxa para dentro da mala.

Por fim, você encontra um sorriso. Bem lá no fundo, quase sufocado. Pula para fora outro sorriso. 
E mais outro. Aí você encontra a felicidade. 

Mas ainda tem mais coisas dentro da mala. Você remexe e encontra a tristeza. É bom jogá-la fora.
Depois, você procura a paciência dentro da mala. Vai precisar bastante dela.

E também procura a força, a esperança, a coragem, o entusiasmo, o equilíbrio, a responsabilidade, a tolerância e o bom e velho humor. A preocupação que você encontrar, deixe de lado. Depois você pensa no que fazer com ela.

Bem, agora que você tirou tudo da sua mala, deve arrumar toda a bagagem. Pense bem no que vai colocar lá dentro de novo. Isso é com você.

E depois de toda a bagagem pronta, o caminho recomeçado, lembre de repetir a arrumação vez ou outra. O caminho é longo até chegar ao final da jornada, e você terá que carregar a mala o tempo todo.

E quando chegar do outro lado, é bom que em sua bagagem tenha o máximo de coisas positivas, como boas obras, amizades, carinho, amor.

Porque isso tudo não pesa na sua bagagem, enquanto na terra. Mas quando for colocada na balança da justiça, para além da existência física, pesará e muito, positivamente.

A vida é uma grande viagem. Durante um tempo excursiona-se pelas paisagens terrenas. É um período para estudar, trabalhar, progredir.

Um dia, retorna-se para a estação espiritual. É o momento de contar as conquistas e as perdas. Os erros e os acertos. Que a nossa bagagem, nesse dia, possa estar repleta de virtudes, o bem praticado, afetos conquistados para nossa própria e grande felicidade.

Redação do Momento Espírita

terça-feira, 28 de outubro de 2014

No Barco da Vida


Imaginemos que estamos em um barco em mar aberto, e que a nossa vida representa este mar e este barco. Quantas vezes temos um mar calmo onde nosso barco passeia livre e feliz, nos sentimos leves e livres de qualquer dificuldade.

Neste momento sempre pensamos, como sou feliz e como a vida é bela. Mas se neste passeio calmo e sereno pela vida em mar aberto, nos deparamos com a tempestade do caminho, nos deixamos levar pelos maus pensamentos e sentimentos, onde achamos que nada valeu e que nosso esforço foi ilusão.

Caímos muitas vezes em depressão e debilitamos nosso corpo físico e espiritual, porque ainda não aprendemos que as tempestades são passageiras e que também nos fazem aprender e a evoluir. Assim devemos todos os dias agradecer pelo mar que temos e pelo barco que construímos, porque desta forma estaremos em crescimento constante, onde a cada dia poderemos construir para nós um lindo por do sol ou uma tempestade onde o nosso mar nos proporcionará a oportunidade do aprendizado da vida.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Permaneça Vivo Enquanto Você Viver


Uma piada conhecida começa assim: alguns sacerdotes estavam discutindo a questão de quando começa a vida.
– A vida começa, disse o padre católico, no momento da concepção.
– Não, não padre, disse o pastor presbiteriano, a vida começa na hora do nascimento.
Ambos então voltaram-se para o envelhecido rabino judeu.
– A vida começa, disse o rabino acariciando vagarosamente a sua barba, quando as crianças vão embora de casa e o cachorro morre.
É muito comum ouvir dizer que a vida começa aos 40; outra coisa que se diz muito é que a vida termina quando alguém se aposenta. 
Então os anos de vida que se têm são muito poucos. 
A vida, vida mesmo, pode começar quando você quiser que comece, e pode continuar por muito, muito tempo apesar da idade. 
O importante não é propriamente viver, mas sim, permanecer vivo enquanto você viver!
A escada rolante é um excelente lugar para você aprender uma ótima lição Sobre “viver ”. 
Você, provavelmente, já viu gente que, sabe-se lá porquê, “diverte-se” tentando subir pela escada que desce, ou querendo descer pela escada que sobe. 
O “divertimento”, nestes casos, consiste em correr como doido, molhar a camisa na escada que sobe, para, no final da brincadeira, continuar plantado no mesmo lugar. 

Na escada que desce, o fenômeno é outro: o sujeito tem de fazer das tripas coração, segurar-se como pode, viver como se estivesse à beira de um precipício para não despencar no fundo do poço da escada que desce, ou seja, para continuar plantado no mesmo lugar.
Tanto tempo, esforço, suor, para nada! 
“Estar ativo” não significa, necessariamente, estar “em movimento”. 
De que adianta movimentar-se tanto e não sair do mesmo lugar? 
De que adianta viver sem estar vivo?
Sempre que você ficar em dúvida sobre se está ou não andando realmente para onde quer ir, pare um momento e pergunte a você mesmo: 
“será que não estou insistindo em descer pela escada de subir?” 
Ou, ao contrário, conforme a circunstância: 
“será que eu não estou insistindo em subir pela escada de descer?”.

Em qualquer caso, o que interessa é descobrir se você está ou não empregando corretamente sua energia e, principalmente, se a está empregando para andar na direção em que deseja andar. 
Em outras palavras: “Você está sabendo usar corretamente a escada… ou é a escada que está encarregada de decidir?”.
Não se esqueça de que na hipótese de você achar que está sendo muito “esperto” ao se livrar da responsabilidade de decidir sobre sua vida, quando a escada é quem decide, o risco é muito grande: 
você pode estar suando a camisa e se esfalfando para acabar… plantado no mesmo lugar.
Você veio a este mundo repleto de valores. 
Um propósito, um objetivo, um sonho estes são os ingredientes para permanecer vivo. 
Você é uma pessoa de valor; existe uma razão 
para a sua vida. 
Alimente este propósito todos os dias.
Isso irá mantê-lo vivo enquanto você viver.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Nossos Sentimentos


Quando perdemos a paciência com alguém, deixamos de exercitar a compreensão e desta forma nos tornamos insensíveis aos sentimentos do outro, e então desenvolvemos em nós o egoísmo e acabamos por julgar as atitudes e ações dos nossos irmãos.

Não devemos fazer do outro aquilo que não queremos ser, não devemos exigir do outro aquilo que ele não pode nos dar, temos sim que aceitar o outro como ele se apresenta a nós com todos os seus defeitos e virtudes, pois desta forma estaremos colocando em prática a caridade para com o sentimento do outro, aceitando o que ele tem para nos dar e fazendo disso uma dádiva para nossa vida, uma doação de afeto ou carinho por menor que seja, nos eleva e nos condiciona ao caminho do bem. 

Devemos trabalhar em nós nossos sentimentos que nos elevam e que nos deixam felizes, como o amor, a compaixão, o afeto, a compreensão, o perdão, a tolerância, a paciência, enfim temos em nós uma infinidade de sentimentos bons a serem trabalhados e melhorados, e essa conquista só nós podemos fazer através de nossas ações e de nossas obras para com o próximo.

Não devemos perder o tempo que temos para nutrir em nós sentimentos que denotam a nossa capacidade de modificação e aprendizado.
Mesmo que tenhamos que passar por várias dificuldades, devemos sempre ter em mente que a reação para o bem sempre nos levará a sentimentos que nos ajudaram a superar qualquer dificuldade, enquanto que se nortearmos a nossa vida com sentimentos que nos agridam a moral e o nosso caráter, poderemos colher muito sofrimento e dores indesejáveis que poderíamos muito bem não passar por elas.

Portanto devemos sim todos os dias rever nossos sentimentos não deixando que nenhum atropelo do caminho nos desvirtue da nossa real intenção que é o bem.

Gotas De Paz

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Mensagens Carlos Torres Pastorino


"O mundo está cheio de Luz Divina!
Procure percebê-la e sentir em si as irradiações benéficas, que se derramam sobre todas as criaturas, aproveitando ao máximo o conforto que isto lhe trará ao espírito.
Olhe tudo com olhos de bondade e alegria!
Busque descobrir a luz que brilha dentro de você e dentro de todas as criaturas,
embora, muitas vezes, esteja ela recoberta por grossa camada de defeitos!"
*****

"Não dê importância à idade de seu corpo físico: seja sempre jovem e bem disposto espiritualmente.
A alma não tem idade.
A mente jamais envelhece.
Mesmo que o corpo assinale os sintomas da idade física mantenha-se jovem e bem disposto, porque isto depende de sua mentalização positiva.
Faça que a juventude de seu espírito se irradie através de seu corpo, tenha ela a idade que tiver."
****

"A vida é alegria, quando espalhamos apenas otimismo e amor ao redor de nós.
Busque sempre ajudar e servir, derramando felicidade em torno de você, e ela voltará para você mesmo!
Procure viver integrado na Energia Cósmica, que se dá igualmente a todos, e você verá que a sua vida se transformará num ato de puro amor e num paraíso de felicidades sem limites."

***
"Fixe seu olhar no lado belo da vida!
Há tanta coisa para ser contemplada e apreciada!
As moscas buscam as chagas, num corpo inteiramente limpo. As abelhas buscam as flores, mesmo no meio de um pântano.
Seja como as abelhas!
Embora tudo em torno seja seja lama, procure com atenção, que há de descobrir uma pequenina flor, que venha alegrar sua alma.
Fixe seu olhar no lado belo da vida!."


Carlos Torres Pastorino

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Através do Esforço Mudamos


Quando nos esforçamos diante da vida, colocamos em nós a consciência de que devemos mudar o que não nos completa, o que não nos trás a felicidade e para ser feliz, devemos nos esforçar para vencer em nós a ossos defeitos e nossas fraquezas que nos levam a enganos em nossa jornada.

Através do esforço, podemos construir coisas positivas em nossa vida, é o esforço que nos dá a coragem para buscarmos o melhor e retirarmos de nós tudo aquilo que não nos faz bem. A nossa evolução depende do nosso esforço em renunciarmos as nossas mais íntimas fraquezas e defeitos que só nos levam a cometer enganos e nos deixa muito mais longe do nosso aprimoramento.

Por não sermos criaturas perfeitas é que temos tanto a mudar em nós e esse é o grande aprendizado da vida, mudar tudo que não nos faz bem, esta mudança é gradativa não é de uma hora para outra e devemos mudar pensando sempre em não prejudicar ninguém,
devemos mudar através do conhecimento, do aprendizado e da convivência que temos em nosso dia a dia, todos os dias devemos dispensar nosso esforço nessa mudança íntima. Porque quando começamos a mudar, nos transformamos em pessoas melhores e progredimos no caminho de Deus.

Sempre falamos aqui: 
“hoje não é como ontem e amanhã não será como hoje”, isso porque todos os dias temos a oportunidade da mudança, do crescimento e do amadurecimento diante da vida.
Busque em você seu mais íntimo esforço e veja como a sua vida vai modificar e principalmente veja o quanto você vai mudar, e para melhor.

Gotas De Paz