FACEBOOK

segunda-feira, 16 de março de 2015

Entre o Ego e a Alma


Enquanto pensamos que a morte é o que mais separa as pessoas, o EGO desde sempre, vem fazendo esse “serviço” muito mais do que ela.
Não há nada que vença o EGO em termos de separações!
E como é que ele age?

No casamento e nas relações amorosas:
em nome da “incompatibilidade de gênios”, homens e mulheres se separam, sem darem chance à flexibilidade que faria com que ambos – de comum acordo – cedessem um pouco.
Não! Para o EGO não tem acordo quando se trata de ceder.
Seria “rebaixar-se!
Ele só entende assim.

Nas amizades:
uma atitude ou palavra mal colocada são, muitas vezes, suficientes para que amigos se separem, deixando cair no esquecimento as tantas coisas boas que fizeram brotar uma tão valiosa amizade.
Não! O EGO não admite erros nem pedidos de perdão.
Seria abrir mão da punição! Ele só entende assim.

Nas famílias:
tantos pais, irmãos e filhos se separam, só pela necessidade de impor suas vontades, de ver “quem manda aqui”, quem ganha a condição de dono da última palavra.
Na maioria dos casos, numa reunião familiar, e com um pouco de humildade todos saberiam até onde ir e quando parar.
Não! O EGO quer deter o poder sobre tudo e sobre todos. Limites seriam um caso de obediência! Ele só entende assim.

Nas carreiras:
pessoas escolhem seguir a mesma carreira ou carreiras diferentes, e muitas dessas pessoas gastam a melhor parte da sua vida competindo, vigiando, farejando os passos das outras, dada a precisão de ser “a melhor”.
A consciência de que “o sol nasce para todos” faria isso parar.
Não! O EGO quer ganhar sempre, custe o que custar.
Aceitar vitórias alheias seria fracassar!
Ele só entende assim.

Em toda situação conflitiva que determina separações o EGO se faz presente e sempre quer ganhar.

É nos carros, em brincadeiras desnecessárias; é no trabalho, em críticas contra colegas; é nas escolas, em exibições de notas; é nas guerras, onde ganhar é questão de vida ou morte; é na vizinhança, em encrencas vulgares, e assim por diante…
Infinitamente…
Pense em algo similar, não citado aqui, e você notará que nele também está a ditadura do EGO.
Basta que o caso lembrado seja capaz de separar pessoas.
Não! Não é a morte o que mais promove essas apartações!

É o EGO, o filho predileto do orgulho!
Sua ALMA e seu EGO ocupam o mesmo “castelo”.
Deixe que sua ALMA seja a rainha vitalícia do lugar!
Ela é aquela parte sua que deseja Paz e Reconciliações. O EGO é o mal dentro de você.
Dê-lhe um “cala-boca” bem dado.
Assim – e só assim – a Vida lhe abrirá as portas da verdadeira e perene Felicidade.

Sílvia Schmidt

domingo, 15 de março de 2015

A ARTE DE SER ALGUEM


A solidão e a invisibilidade do ser caminham de mãos dadas. Sozinho é aquele que não aparece para os outros, que tem medo até de se olhar no espelho porque a própria imagem aparece como uma companhia inexistente.

Há pessoas que passam a existência em busca de aprovação, sem realmente estar nessa busca e sentem-se sempre como uma pálida cor no quadro da vida.

Elas querem ser vistas, amadas, apreciadas, mas não saem do lugar, ficam sempre à espera que um reconhecimento haja.

Mas o que torna uma pessoa visível ou invisível aos olhos dos outros?
Ninguém precisa ser importante no sentido de possuir coisas ou ser um ser extraordinário para que possa ser visto ou amado. Não são as outras pessoas que nos tornam visíveis ou invisíveis, solitários ou cerdados de pessoas, somos nós.

Quando damos de nós, vamos deixando pedacinhos do nosso eu nos outros de maneira que vamos nos tornando presentes e inesquecíveis. 

As pessoas sempre querem se aproximar daquilo que lhes faz bem, que é positivo, estão sempre voltadas para aquilo que vai valorizá-las de alguma forma.

Quem reclama que não se sente amado, não se sente procurado, que acha que passa pela vida como uma forma vazia e sem importância, deveria ver o mundo pelo outro lado da janela, de fora para dentro.

Faça o contrário, aja, ame, torne-se alguém pelo menos para alguém, seja aquilo que você gostaria que os outros vissem em você. Ninguém deve ter o poder de nos transformar, nós devemos ter o poder e a possibilidade de trabalhar do nosso interior para o exterior. Somos nós que nos construímos ou nos destruímos, que aparecemos ou desaparecemos.

As pessoas vêm em nós o que parecemos a elas. 
Elas não nos fazem, a menos que permitamos. Nós nos fazemos!

Se sentimos essa necessidade de sermos queridos e apreciados, queiramos e apreciemos. É impossível esconder uma luz numa noite escura e, creiam o mundo atual é para muitos uma noite escura e sem estrelas. Sejamos então uma luz. 
E as pessoas com necessidade disso virão a nós.

Estaremos assim cumprindo nossa missão, daremos o que precisam e recuperaremos em nós o que precisamos para nos sentir inteiros e saciados.

Embora as pessoas façam parte da nossa história, elas não a escrevem. Nós o fazemos, com todos os instrumentos que temos ou aqueles que nos inventamos. As marcas dos nossos passos só podem ser deixadas por nós mesmos.

Letícia Thompson

ORAÇÃO DO PODER


Deus, Senhor de toda a força e de tudo poder, dá-me hoje a segurança do teu amor e a certeza de que estás comigo. Peço ajuda e proteção nesta hora tão difícil/importante de minha vida. Preciso da tua assistência, do teu poder e da tua misericórdia.

Tiras de mim o medo, tira de mim a dúvida, esclarecendo o meu espírito com a luz que iluminou o seu divino filho, Jesus Cristo, aqui na Terra.

Que eu possa perceber toda a Tua grandeza e a Tua presença em mim, soprando o meu espírito, para que eu me sinta fortalecido com a tua presença em minha vida, hora por hora, minuto por minuto.
Que eu sinta o teu espírito e a Tua voz dentro de mim, no meu redor e em minhas decisões.

No decorrer do dia, que eu sinta o Teu maravilhoso poder pela oração, e com esse poder, espero pelos milagres que podes realizar em favor dos meus problemas/necessidades.

Não me deixes e não me abandones, para que eu não caia no desespero e nem perca a fé é ti Pai, não me deixes cair em tentação.

Levanta o meu espírito quando eu me encontrar abatido. Entrego-te, neste dia, a minha vida e a minha família. Livrai-nos das moléstias, ainda que seja por milagre.

Obrigado(a) meu Mestre, meu Senhor, meu Irmão e meu Amigo. Sei que vais me dar as soluções de que eu tanto preciso e desejo.

Amém!

sexta-feira, 13 de março de 2015

8 Presentes que não custam nada


O PRESENTE ESCUTAR... 
Mas você deve realmente escutar. Sem interrupção, sem distração, sem planejar sua resposta. 
Apenas escutar.

O PRESENTE AFEIÇÃO... 
Seja generoso com abraços, beijos, tapinhas nas costas e aperto de mãos. Deixe estas pequenas ações demonstrarem o amor que você tem por família e amigos.

O PRESENTE SORRISO.... 
Junte alguns desenhos. Compartilhe artigos e histórias engraçadas. Seu presente será dizer, 
"Eu adoro rir com você."

O PRESENTE BILHETINHO... 
Pode ser um simples bilhete de "Muito obrigado por sua ajuda" ou um soneto completo. Um breve bilhete escrito à mão pode ser lembrado pelo resto da vida, e pode mesmo mudar uma vida.

O PRESENTE ELOGIO... 
Um simples e sincero, "Você ficou muito bem de vermelho", "Você fez um super trabalho" ou "Que comida maravilhosa" faz o dia de alguém.

O PRESENTE FAVOR... 
Todo dia, faça algo amável.

O PRESENTE SOLIDÃO... 
Tem momentos em que nós não queremos nada mais do que ficar sozinhos. Seja sensível à esses momentos e dê o presente da solidão ao outro.

O PRESENTE DISPOSIÇÃO... 
A maneira mais fácil de sentir-se bem é colocar-se à disposição de alguém, e isso não é difícil de ser feito.

Não conheço a autoria

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Saúde mental – É preciso perdoar


A única maneira de se obter o equilíbrio mental e a paz de espírito consiste em se manter a mente com bons pensamentos e sentimentos voltados para o bem. Isto significa que não devemos remoer mágoas e ofensas passadas.

Quando nos ligamos a alguém com maus pensamentos e sentimentos negativos cria-se imediatamente uma corrente energética negativa entre o emissor e o receptor dessas emoções. 
Veja-se, ainda, que essa corrente tem o poder
de atrair outras que se encontram na mesma faixa vibratória negativa, sendo que todos os sentimentos negativos e maus pensamentos serão reforçados.
Assim trava-se uma verdadeira batalha de   pensamentos e sentimentos voltados para o mal. 
É uma luta onde não há vencedores, mas perdedores somente.

Tudo isto retorna inevitavelmente àquele que iniciou todo esse processo, levando-o a estado total de desequilíbrio, ou seja, o maior afetado por toda essa carga negativa é aquele que negou o perdão ao seu suposto agressor, pois com essa atitude atrai para si outras mentes doentias. 

Observe que aqueles que perdoam estão sempre
em paz consigo e com os outros. 
Portanto, mantenhamos o pensamento no bem, sem queixumes e lamentações, buscando perdoar sempre. Desse modo encontraremos o equilíbrio e a paz em nossa consciência.

Gotas De Paz

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Desapega!


E a vida vai acontecendo, o tempo passando e, com ele, centenas de situações e pessoas vão sendo colocadas na estante das nossas memórias. Algumas podem ser doces, outras nem tão agradáveis assim. O que acontece é que, muitas vezes, não percebemos que o que passou recebe de nós maior importância do que o que está acontecendo agora.

Até mesmo no momento de agora estamos rodeados por gente ou vivências que não nos agradam e, por algum motivo, queremos mantê-las próximas. Seja um trabalho, por comodidade ou falta de autoconfiança, seja um amigo que nos traz uma sensação de pertencimento ou um relacionamento…

A imagem desse post já resume a essência da mensagem: Desapega!!!

Deixar ir aquilo que não te agrega. Deixar a vida fluir, o destino se cumprir e os dias tomarem seus rumos. Somos acostumados a manter pessoas e situações em nossas vidas para que supram carências internas. Porém, quando fazemos isso, esquecemos que estamos impedindo que situações melhores aconteçam e que outras pessoas apareçam.

Viver sem o peso do passado e sem expectativas no futuro é uma arte que precisa ser desenvolvida. Desapegar das lembranças da infância, do relacionamento que se findou, da viagem que não foi feita ou até de uma roupa velha com ‘tantas histórias’; desapegar da vontade de controlar o futuro, do desejo de ter respostas prontas e da espera de determinada reação de terceiros… tudo isso precisa ser trabalhado para uma felicidade mais genuína.

Estamos nessa vida de passagem e não tem porque desperdiçarmos energia com culpas e medos, nem tampouco com bagagens cheias de itens sem serventia, que fazemos questão de carregar por questões emocionais. Do que passou, retire o aprendizado para evitar que se caminhe novamente pela mesma estrada errada; do que virá, mantenha a esperança e deixe a vida te surpreender, sempre acreditando que está ‘tudo certo’ e que tudo tem o seu tempo de acontecer.

Se não deu certo, não te faz feliz, te causa mágoa, aperto no coração ou estafa mental… Deixe Ir!!! Não tente insistir na semeadura que você já viu que não irá florescer no seu solo. Gaste seu tempo cuidando da sua terra, do seu coração, do seu jardim. Novas e outras sementes poderão ser testadas e dar belíssimas flores e frutos se você livrar suas terras das ervas daninhas.

O mais importante: nunca duvide da fertilidade do seu solo e nem tente mudar suas características para que determinadas sementes se aconcheguem e brotem. Não há solidez em mudanças que não são profundas e, cedo ou tarde, a árvore gerada nessa terra terá suas raízes corroídas e desgastadas.

O que pretendo dizer com tudo isso é para que nunca deixe de ser quem realmente você é, por nada nem ninguém. Se trabalhos, amores, colegas e acontecimentos não o fazem feliz, deixe passar, não alimente e nem regue mais.

A vida passa super rápido. Permita que ela siga seu fluxo e confie no melhor, sem apegos, sem medos.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Pessoas Especiais


Todos nós queremos ser pessoas especiais. 
Mais que uma questão de ter o ego saciado, sentir-se especial é sentir-se valorizado, diferente, mas de maneira enriquecedora.

Que somos únicos todo mundo fala. 
Não existem duas pessoas iguais, mesmo se a semelhança entre muitas pode ser extraordinária vez ou outra. Deus nos fez assim, diferentes, semelhantes e criaturas dele como todas essas maravilhosas coisas que nos cercam.

Mas acontece de nos sentirmos pequenos e insignificantes. Nem sempre sabemos lidar com nossos problemas e as coisas parecem tomar uma proporção muito maior do que são na realidade. Quantas vezes sentimos que o chão se abre sob nossos pés e nos perguntamos onde encontraremos forças para não cair! 
E nos perguntamos ainda onde outras pessoas conseguem encontrar forças, como conseguem, como levantam a cabeça, se erguem e vencem!

O que torna realmente uma pessoa especial em relação a outra não é o fato dela ter nascido com melhores condições. Se assim fosse, Jesus estaria entre a classe dos comuns, pois não poderia ter vindo ao mundo de maneira mais humilde.

O que torna uma pessoa especial é a sua vontade, convertida em capacidade de lidar com os tropeços da vida, as dúvidas, quedas, doenças e tantos outros impecilhos ao bem-viver. Para uns é mais fácil do que para outros sim, mas para todos é possível olhar para o Alto, se inclinar, trabalhar consigo e com suas emoções, dar a volta por cima e sair vitorioso.

O que nos segura e mantém vivos é a nossa fé, nossa esperança num amanhã ou numa eternidade que sabemos que está à nossa frente e nos espera. 
Como provar nossos conhecimentos se não passarmos por provas?

Cada dia quando fechamos a porta do último minuto e nos preparamos para o dia seguinte, é uma vitória alcançada.

Pessoas especiais aos olhos de Deus são as que não desistem, as que se voltam, recuam quando necessário e avançam quando preciso. São as que nunca perdem a coragem, mesmo nas aflições.

As que guardam a calma na tormenta porque tiraram da vida as lições, as que sabem que Deus não nos abandona, mas respeita, embora com tristeza, quando nos afastamos dEle.

Pessoas especiais abrem-se ao mundo e o abraçam. E por onde passam vão deixando rastros de luz, perfume de sabedoria, esperança para os que ficaram para trás, exatamente como deseja o coração de Deus.

Letícia Thompson